Cinemateca Brasileira na Vila Mariana

Cinemateca Brasileira na Vila MarianaA Cinemateca Brasileira é a instituição localizada em São Paulo, responsável pela preservação da produção audiovisual brasileira.

Desenvolve atividades em torno da difusão e da restauração de seu acervo, um dos maiores da América Latina.

São cerca de 200 mil rolos de filmes, entre longas, curtas e cinejornais. Possui também um amplo acervo de documentos formado por livros, revistas, roteiros originais, fotografias e cartazes.

A Cinemateca Brasileira surgiu a partir da criação do Clube de Cinema de São Paulo, em 1940. Seus fundadores eram jovens estudantes do curso de Filosofia da USP, entre eles, Paulo Emílio Salles Gomes, Décio de Almeida Prado e Antonio Candido de Mello e Souza.

O Clube foi fechado pela polícia do Estado Novo. Após várias tentativas de se organizarem cineclubes, foi inaugurado, em 1946, o segundo Clube de Cinema de São Paulo. Seu acervo de filmes constituiu a Filmoteca do Museu de Arte Moderna (MAM), que viria a se tornar uma das primeiras instituições de arquivos de filmes a se filiar à FIAF - Fédération Internationale des Archives du Film, em 1948.

Em 1984, a Cinemateca Brasileira foi incorporada ao governo federal como um órgão do então Ministério de Educação e Cultura (MEC) e hoje está ligada à Secretaria do Audiovisual. A mudança da sede para o espaço do antigo Matadouro Municipal, na Vila Mariana, cedido pela Prefeitura da cidade, ocorreu a partir de 1992.

Seus edifícios históricos, inaugurados no século XIX, foram tombados pelo Condephaat – Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico, Artístico, Arqueológico e Turístico do Estado de São Paulo, e restaurados pela entidade.

Sala Cinemateca

A Sala Cinemateca foi inaugurada em 10 de março de 1989, no espaço onde funcionava o Cine Fiametta, na rua Fradique Coutinho, em Pinheiros. O filme em cartaz era "A Paixão de Joana D’Arc", de Carl Dreyer.

Durante oito anos, mais de 200 mil pessoas assistiram a retrospectivas variadas promovidas pela Sociedade Amigos da Cinemateca, muitas vezes formadas por obras inéditas.

O público pode conhecer o estilo de importantes autores estrangeiros, como Charles Chaplin, Orson Welles, David Griffith, Federico Fellini, Pier Paolo Pasolini, Luchino Visconti, Jean-Luc Godard, Jean Renoir, Fritz Lang, Carl Dreyer, Yasujiro Ozu, Akira Kurosawa, Mizoguchi e Tarkovski, entre outros.

Em 5 de novembro de 1997, a Sala Cinematecaa foi transferida para a sede oficial da entidade, na Vila Mariana. As novas instalações têm capacidade de 100 lugares e possuem equipamentos modernos de projeção e som que proporcionam uma exibição de alta qualidade técnica.

A programação da Sala mescla a exibição de obras do acervo da Cinemateca Brasileira com produções expressivas de outros acervos, proporcionando a união do clássico e do moderno. Além disso, oferece, todas as terças-feiras, uma programação especial gratuita para escolas, além de sessões de curtas-metragens e um curso de história do cinema.

Anexo à Sala Cinemateca está o Espaço de Exposições Paulo Emílio Salles Gomes.


Cinemateca Brasileira
Largo Senador Raul Cardoso, 207 - Vila Clementino - São Paulo
(11) 3512-6111
Site: www.cinemateca.com.br/

Fonte: http://pt.wikipedia.org/



  Sobre o EncontraVilaMariana
Fale com EncontraVilaMariana
Anuncie no EncontraVilaMariana
Cadastre sua Empresa no EncontraVilaMariana (grátis)



Termos EncontraVilaMariana | Privacidade EncontraVilaMariana

Bandeira do bairro da Vila Mariana